Às vezes, precisamos de uma grande perda, para nos lembrarmos do que realmente importa.